LEGIONELA

 
Bactéria mortal “Legionela” vive nos sistemas de Refrigeração e ar condicionado

Introdução
Após várias notícias sobre os efeitos nefastos da “Legionela” nos sistemas de Ar Condicionado, uma empresa especializada no tratamento de
ar interior fez análises à qualidade do Ar e aos sistemas de Ar Condicionado em cerca de 40 grandes edifícios em Portugal. Mais de 50% das análises deram resultado positivo.
Ou seja foi encontrada a bactéria mortal, a “Legionela” em águas paradas dos sistemas de Ar Condicionado. Em metade
Dos edifícios que foram analisados, milhares de pessoas estão sujeitas a contrair uma infecção pulmonar causada por aquela bactéria.

Onde e como se propaga

Águas paradas a temperaturas não muitas elevadas, entre os 30 e os 50 Graus

Vejamos que tipo de espaços têm estas condições; uma fonte interior iluminada (lâmpada aquece a água), Repuxos, chuveiros, jacuzzis.

A situação mais preocupante: nas torres de refrigeração dos sistemas de ar condicionado há uma Placa onde
Se acumula água que resulta da condensação. Se essa Placa aquece com o calor irradiado pelos motores, temos o” berço” ideal para a “Legionela”

Mortal só se respirada

A bactéria “Legionela” é perigosa e mata mas apenas quando é inspirada e se aloja nos pulmões.
Beber água com “Legionela”, por exemplo, não causa qualquer problema.
Daí a gravidade quando se encontra no ar condicionado. Arrastada pela força do ar que é injectado nas divisões Dos edifícios, torna-se um perigo para qualquer cidadão

Como detectar a “doença “

Tudo começa com
*mal-estar, dores de cabeça frequentes, irritação nos olhos, irritação da pele, irritação do nariz, fadiga, náuseas dores no corpo, etc.... . Tosse, Febre. Depois vem a expectoração e a falta de ar
.Expectoração com sangue dá o sinal de que se agravou. Daí ao internamento no Hospital é só um bocadinho.
Se não se detectar a verdadeira razão da infecção pulmonar, a situação evolui para uma pneumonia. E a Morte à espreita....

<--